Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




por Menina Marota, em 24.12.15

Primeira Lição de Natal

Pinheiro de natal.jpg

 

 

 Este Natal,

Vou levar o meu neto pela mão

A ver o pinheirinho do quintal,

Nu, sem qualquer decoração.

 

Nem fio de oiro ou prata ou cobre.

Tem a humildade de ter

Nascido pobre,

Como o Menino que vai nascer.

 

E por isso é mais belo e vivo e humano

Do que esse outro que estará na sala,

Morto, porém, soberbamente ufano

Do seu trajo de gala.

 

Este Natal,

Vou levar o meu neto pela mão,

A aprender a moral

Da primeira lição.

 

 

António Manuel Couto Viana

 

Feliz Natal

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

De Graça Pires a 24.12.2015 às 13:05

Que belo poema! Mesmo a propósito do "Diário de uma avó". Leve-o pela mão sim, a ver as luzes, os pinheiros, o pai natal, para proteger toda a inocência que ele têm.
Um beijo para si e um abraço muito especial para o Luca.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor