Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




por Menina Marota, em 03.08.15

O Luca e a Harley-Davidson

Conversa de criança em frente a um objecto de adultos:


- "Vovó, "amanhã" quando eu for homem vais comigo nesta mota?"
- "Luca, mas a mota não é da vovó e não se mexe no que não é nosso!"
- "Mas é do vizinho? O Luca sabe andar. Já anda de trotinete."
- " Não, Luca. A vovó não sabe de quem é a mota e tu és muito pequenino para andares numa mota tão grande".
- "Mas vovó o Luca já é um homem. Já pode andar na mota".
- "Vamos embora, Luca."
- "Vovó... "amanhã" o Luca vai andar na mota, sim? E tu também vens com o Luca?"
- " Vamos é ao parque infantil andar no escorregão, Luca. Não achas bem?"
- "Está bem. Mas queria andar na mota".

 

O Luca virou-se duas vezes para olhar a mota enquanto devagarinho (muito devagarinho) de mãos dadas lá fomos para o parque infantil.

 

Os seus dois aninhos ficaram encantados não sei se pela cor se pelo modelo estrondoso da primeira Harley-Davidson que viu.

 

De "piu.piu" (o seu peluche favorito) e ainda agarrado à chupeta, pelas dez e trinta da manhã, apreciou mesmo em frente ao nosso café favorito este potente "animal".

 

Pelo caminho fez festas a dois ou três canitos, brincou no escorregão e nos "cavalinhos" do parque infantil e no regresso a conversa quase se repetiu quando parou de novo a observar a máquina.

 

- "Vamos Luca, temos que ir almoçar."
- "Está bem, vovó. Mas o Luca queria andar na mota."

 

E lá prosseguimos de regresso a casa... 

 

Luca e a mota

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

De Graça Pires a 04.08.2015 às 13:10

Uma delícia esse seu neto! E promete...
Um beijo, avó babada...
 

De Menina Marota a 04.08.2015 às 14:53

Muito grata, Graça.
Ele realmente está um amor.  E fino... :-)
Um beijo para si também. 

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor