Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




por Menina Marota, em 22.08.05

Irrompe...

  

Irrompe do teu corpo iluminado

toda a luz de que o mundo sente falta
Não a que mais reluz. Só a mais alta
Só a que nos faz ver o outro lado

 

do bosque onde o Futuro e o Passado
defrontam o Presente que os assalta
num combate indeciso a que nem falta
o sabor de saber-se ilimitado

 

Irrompe assim a luz entre os extremos
da mesma renovada madrugada
E vibra a cada instante um novo grito

 

Com essa luz do grito é que nós vemos
que Passado e Futuro não são nada
apenas o presente é infinito

 

Poema de David Mourão Ferreira

Autoria e outros dados (tags, etc)


14 comentários

De josé gomes a 26.08.2005 às 12:00

As melhoras.
Não esqueças a Noite de Poesia em vermoim. O tema é CIDADES.

De lique a 25.08.2005 às 16:54

David Mourão Ferreira é um dos meus poetas de eleição. Encontrá-lo aqui é prova do teu bom gosto. Beijinhos

De .Pensamentos em Branco. a 25.08.2005 às 14:09

tudo o que irrompe tem o seu significado. tudo o que irrompe tem a sua razão de ser. tudo o que irrompe não existiria sem a nossa luz. 1001 beijitos.

De Peter15 a 24.08.2005 às 15:33

"Passado e Futuro não são nada
apenas o presente é infinito", aí temos DMF no seu melhor.
Vou ausentar-me até 12SET,mas o blog continua.
É só para não estranhares a minha ausência por aqui. Não quero deixar de assinalar, com satisfação, a tua colaboração que é de todos nós: a prevenção contra os incêndios florestais.

De boxexas a 24.08.2005 às 12:31

Olá Menina!! Mais uma vez, um poema delicioso! Verdade que o presente é infinito, tem de ser aproveitado, vivido com a tranquilidade da doçura nos corações, mas não esqueçamos que o passado são recordações saudosas, e o futuro o sonho e a imaginação do que virá. Espero que esteja tudo bem! Beijinhos enormes**

De Friedrich a 24.08.2005 às 03:46

Andava a passear por aqui e lembrei-me de entrar, para deixar um beijo

De Débora a 23.08.2005 às 22:19

oi, seu blog está muito lindo, parabéns!
acesse o meu e deixe sua marquinha... abraços....
http://www.coisinhaslegais.nossoblog.com.br

De CASTOR a 23.08.2005 às 20:03

O presente é infinito mas o passado é saudade e memória e o futuro é a incógnita do sonho. CHUAC!

De Ze a 23.08.2005 às 19:24

O poema é lindo. A música um espanto. Que melhor momento para saír, desligar e esperar por um amanhã radioso.

De wind a 23.08.2005 às 15:59

Bonito poema. De facto só o presente interessa e é para ser vivido na sua plenitude:) beijos

Comentar post


Pág. 1/2



Mais sobre mim

foto do autor