Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




por Menina Marota, em 23.06.05

As cores do pensamento

  

 

 No tempo das cores impossíveis 

 o mundo vai ter tantos tons
 que ninguém vai fechar os olhos.
 
 Não vai ser possível sonhar...
 o sonho vai ser a vida
 a vida vai ser um sonho. 

 

 No tempo das cores impossíveis
 o azul será tão claro, que quase será branco
 e, o vermelho tão rubro, que quase será preto.
 
 No tempo das cores impossíveis
 as cores vão tomar conta do mundo
 e serão tantas, que não poderemos contá-las.
 
 (Mas quem contaria as cores?)
 
 No tempo das cores impossíveis
 muitas coisas vão acontecer,
 e ninguém mais vai ficar sozinho.
 
 Nesse tempo de cores impossíveis
 a água será salmão e o salmão será azul.
 As rosas serão verdes e as matas serão púrpura.
 
 Os amigos vão andar de mãos dadas pelas ruas, sozinhos...
 
 E quem não quiser olhar pode pintá-los de cores invisíveis
 no pensamento... na memória.
 Mas eles terão as cores mais bonitas e as mais impossíveis.
 
 No tempo das cores impossíveis
 o mundo terá as cores que já existem, no nosso coração
 as cores que já existem, dentro do nosso pensamento.
 
 (Julho de 2003)

Autoria e outros dados (tags, etc)


35 comentários

De Boxexas a 10.07.2005 às 15:45

Adorei o poema e a imagem!! Nada mais fantástico, se todos conseguirem colorir a sua vida com um belo e grandioso arco-íris!! Eu acredito que a vida tem coisas belas e demasiado valiosas para não sorrirmos, para não conseguirmos tornar os nossos mundos coloridos! A tela está nos nossos sonhos, mas os pincéis estão nas nossas mãos, nos nossos dedos!!! Vamos pintar??!! Beijãò**

De ferrus a 06.07.2005 às 02:04

Adormeço na tela pintada de cores impossíveis, onde o tempo serena o espírito mais dorido. É nesse tempo de cores impossíveis que entro no teu cantinho pintado de palavras possíveis e onde me deleito em pinceladas de sorrisos. Adorei, menina :-))) Bjitos!!!!!

De Anjinho a 05.07.2005 às 11:50

Olá! Gostei muito do teu blog, está fantástico e as tuas palavras, são bem escolhidas, gostei!!!

De isabel a 03.07.2005 às 22:36

comentaste no meu blog "asas" e vim conhecer-te. Que surpresa boa.
:-)

De Blue C a 02.07.2005 às 22:21

Muito bonito. Beijinho doce (tens uma respotazinha no meu Mar ao post de ontem)

De guevara a 02.07.2005 às 03:13

=)

às cores é como eu me sinto agora!

De titas a 01.07.2005 às 04:43

que prazer voltar aqui!
//(~_~)\\ um beijo da Titas

De Friedrich a 01.07.2005 às 04:00

ESTÁS FRIA E DISTANTE, NOTA-SE NOS COMENTÁRIOS - Precisas de sentir o amor para te aquecer a distância... "ABRAÇOS":-)

De Andesman a 29.06.2005 às 22:53

poesia das cores, bonito.E onde estão as marotices? Ahahah!

De amita a 29.06.2005 às 22:28

E com atraso vim ler as tuas belíssimas cores impossíveis existentes no coração. Bjokas grandes, amiga

Comentar post


Pág. 1/4



Mais sobre mim

foto do autor